A vida de uma garota sozinha

by - segunda-feira, julho 10, 2017

De alguma forma, eu me perdi no meio do caminho da minha vida e não soube mais para onde ir.

Eu andei sumida de mim, das minhas coisas e do que eu costumava fazer, perdi o costume de levantar depois de um tombo e de esquecer o que não me agrega em nada. Mas a vida é assim, as vezes estamos na melhor, e na maioria das outras vezes, nos perdemos de nós mesmos. A correria do dia a dia pode te fazer cansar, te fazer perder ou desmoronar no caos dos outros mas se tem algo que você não pode fugir é de si mesmo, e é aí que começa a minha história.

Sempre fui de me virar sozinha, me reerguer e correr atrás das minhas coisas, o que eu não sabia era que em algum momento ser sozinha significava ter que lidar comigo mesma. Sabendo como eu era, jamais imaginei me perder no meio do caminho da minha vida e desde aí, nunca mais voltei.

Se passaram anos, pessoas e momentos, minha vida nunca mais foi a mesma. A garota solitária que vivia a vida à sua maneira aprendeu a pedir ajuda, colo e conselho, mudou sua visão sobre as pessoas e criou um novo rumo pra si mesma. A verdade é que todo mundo cresce, amadurece e aprende como tudo funciona, as vezes somos mais do que podemos e da mesma forma, muitas vezes esquecemos de ser o que podemos ser.

Tudo bem se perder, se confundir e ficar em dúvida, o caminho é o mesmo pra mim ou pra você, o que muda na verdade somos nós. Fomos destinados a sermos nós mesmos, distintos uns dos outros, com personalidade, escolhas e decisões diferentes mas o que no fundo nunca muda é que nascemos para sermos do mundo, assim, sozinhos mas nem tanto.

You May Also Like

0 comentários